A Ribeira é um dos bairros mais antigos da capital potiguar. Sua história está marcada por prédios vanguardistas, violência, rodas de samba e chorinhos, inúmeros copos de aguardente barata, moças roliças e velhos malandros, tudo isso abençoado por vários deuses e um sol escaldante. Nos dias 8, 9 e 10 de novembro, no entanto, o bairro dividirá sua boemia com as rodas de pogo, camisetas pretas ou de bandas, mas também o lado dançante e divertido da música, pois é nesse fim de semana que o Festival Dosol fará da Rua Chile um inferninho. Como não poderia deixar de ser, nosso site meteu o dedo e vai cobrir os três dias de pop, indie, punk, rock e metal.

Camarones Orquestra Guitarrística será atração no primeiro dia do evento

Camarones Orquestra Guitarrística será atração no primeiro dia do evento

Confira as atrações do primeiro dia:

Sexta feira, 8 de novembro:

21h – Last Starfighters: Formada no final do ano passado, a banda é potiguar e toca um rock alternativo originado da mistura de vários ritmos, recheado de distorções de guitarra e uma voz tediosa. Seu único trabalho foi lançado em maio desse ano, um EP que se chama “May Silence Never Find Us”, e a banda provavelmente tirou seu título do filme “The Last Starfighter”, um clássico da ficção científica dirigido por Nick Castle. Confira “Everyting that rises must descend”.

21h45min – Mahmed: “4 caras fazendo som”, segundo eles. A banda, também do Rio Grande do Norte, se criou e lançou seu curto EP, “Domínio das águas e dos céus”, ainda agora em 2013, abordando uma música instrumental e artística, que cura, traz beleza para o dia e se faz desnecessário o uso da palavra. Aqui está seu EP:

22h30 – Stereovitrola: São amapaenses e seu som, recheado de distorções, texturas e instrumentos eletrônicos que contrastam com uma melodia delicada, dando sempre a impressão de que o que está sendo cantado não são as letras de uma canção, mas sim pensamentos. Dê uma olhada no soundcloud da banda, com músicas de seu mais novo trabalho,” Simptomatosys”.

23h15 – Mad Grinder: Saindo dos confins infernais de Mossoró, RN, o power trio já vem fazendo barulho há um bom tempo, trazendo o grunge dos anos 90 com uma pitada de rock e direito a muito barulho. No soundcloud da banda, dá pra conferir seu último trabalho, “Hitting Around”.

24h – Rejects: Som potiguar de bater cabeça, sair empurrando o povo ou ao menos balançar um pé escondido, mas é impossível ficar parado. Promete virar o dia em grande estilo, com sua mais nova música, “Scum”.

24h45 – Camarones Orquestra Guitarrística + Ynaiã Benthroldo: Já famosa na cena roqueira do RN desde 2007, COG rendeu suas guitarras, baixo e teclado às baquetas do matogrossense Ynaiã Benthroldo, ex-baterista do Macaco Bong, onde juntarão experiências e promoverão um show leve, divertido e puramente instrumental. Dois meses atrás, O Camarones lançou esse vídeo mostrando sete músicas de seu trabalho mais recente, “O Curioso caso da música invisível”.

01h30 – Talma&Gadelha: Se antes você não conhecia Talma&Gadelha, provavelmente você conhece ao menos um de seus vocais, Simona Talma, pois ela está no The Voice. A banda tem um som viciante e que gruda na sua memória, mas agradável. Dá vontade de ficar enrolado num cobertor, com um gato do lado e comendo chocolate. Confira “O Roqueiro e a Hippie”, sua música mais popular.

One Response

Deixe um comentário

Your email address will not be published.