Ainda sobre As Crônicas Vampirescas de Anne Rice, aproveito pra deixar a resenha do segundo – e, na minha opinião, o melhor – livro da série. É O Vampiro Lestat, a quem conhecemos um pouco no primeiro livro da autora, mas passaremos a conhecer mais a partir de agora! Foram cerca de 16 anos para que a autora continuasse a série de histórias sobre os vampiros, mas, a pedido dos fãs, surgiu o segundo livro com maiores explicações sobre as criaturas da noite.

Enquanto Entrevista com o Vampiro aborda mais a questão da existência dos vampiros, em O Vampiro Lestat, finalmente entendemos o que são estas criaturas. Muito além dos hábitos, medos e anseios que o livro anterior apresenta, agora nós vamos saber de onde vieram essas criaturas. Quem foram os primeiros vampiros? O que aconteceu com eles? Porque são o que são? Qual a razão de ser de uma criatura que não está morta nem viva? Lestat, ao contrário de Louis (protagonista do livro anterior), tem a curiosidade de saber a razão das coisas e, ao passo que ele começa a descobrir um mundo completamente escondido dentro da perfeição de detalhes da narradora, o leitor passa a viajar no tempo, conhecendo as minúcias de uma Paris rica e luxuosa, uma Roma antes de Cristo, um Egito em épocas faraônicas e como os vampiros persistem ao longo dos séculos e sobrevivem às adversidades, tornando-se ainda mais fortes e influenciando na história da humanidade direta ou indiretamente.

LestatFeat

O livro começa com Lestat, já conhecido, ressurgindo para uma nova vida, num novo século. Ele, que havia desistido da “vida” pós morte, ouve algo novo, um tipo novo de som, e é esse som que o faz querer “viver” novamente. Depois entenderemos melhor essa ligação do protagonista com a música, mas o fato é que, após tantos anos recluso do mundo, o jovem loiro e sedutor, movido pela nova paixão (a música), se adapta a um novo mundo quase 250 anos depois do ano em que nasceu. Lestat usa suas habilidades para aprender novos instrumentos e montar sua banda de rock, que se torna um fênomeno internacional. Com todo esse sucesso, Lestat, assim como Louis, passa a querer escrever sua própria biografia, revelando os segredos mais ocultos de sua espécie e desconstruindo a imagem de sanguinário e cruel dada pela obra de seu companheiro. É nesse ponto que chegamos ao verdadeiro conteúdo do livro, porque agora iremos conhecer, de verdade, quem é O Vampiro Lestat.

Descendente de família nobre, porém falida, Lestat de Lioncourt é o sétimo filho do Marquês de D’Auvergne. Nasceu em 1760 e viveu no castelo de sua família, em Auvergne, na França, até os 20 anos, quando foge para Paris com seu melhor amigo, o rico violinista Nicolas. Ambos passam a viver de suas paixões: a música e a dramaturgia. Apaixonados pela nova vida – completamente diferente da que foram acostumados -, os jovens passam a se destacar cada vez mais em suas atividades, fazendo do teatro sua nova casa e da trupe de artistas, sua nova família.

11358309_gal

Famoso pelas ruas de Paris, o jovem Lestat passa a ver uma figura misteriosa, que começa a perturbá-lo e quase enlouquecê-lo em sonhos, nas sombras, no teatro. Esta sombra que quase o enlouquece é, na verdade, o vampiro Magnus, que se apaixona por Lelo (personagem interpretado pelo jovem ator no teatro), sequestra-o e transforma o protagonista da nossa história em mais uma das criaturas da noite. Magnus explica porque Lestat foi “o escolhido” e lhe passa todos os bens materiais que possui. Depois de algumas poucas explicações sobre o que é ser um vampiro e o que aconteceria dali por diante, Magnus atira-se ao foto e se mata.

Akasha-the-vampire-chronicles-31403571-720-536

A partir deste momento, o jovem vampiro passa a viver só e, aos poucos, começa a descobrir melhor a si mesmo. Seus poderes, sua sede por sangue, sua aversão à luz do dia e ao fogo e, em busca de respostas, começa a conhecer os misteriosos “clãs” de vampiros, descobrindo que há outros como ele. Acompanhado de Gabrielle (sua mãe, a quem transforma em vampira para poder salvar-lhe a vida), ele enfrenta Armand (que lidera um dos clãs que tenta eliminá-lo), viaja pelo mundo, conhece outros grupos de vampiros da Europa, todos com hábitos sempre diferentes e peculiares. Nessa jornada, descobre sobre os “antigos”, que são os lendários vampiros que vivem há muitos séculos. Apesar de serem mãe e filho, ele e Gabrielle buscam coisas diferentes e, dessa forma, acabam se separando. É neste momento que Lestat conhece Marius – nascido na Roma antiga e transformado em vampiro antes de Cristo – e finalmente encontra as respostas que tanto buscou: conheceu Akasha e Enkil, os pais de toda a espécie vampiresca, que vivem como estátuas há muitos séculos, raramente fazendo qualquer movimento, exceto quando Lestat surge e, de maneira misteriosa, gera neles uma espécie de “vida”. Depois de todo o conhecimento e das descobertas que sempre buscou, o príncipe vampiro, como será conhecido por muitos, parte para sua própria jornada, no Novo Mundo (E.U.A), onde conhecerá Louis e viverá suas próprias paixões, medos e decepções.

Terminadas todas as histórias dos vampiros lendários, voltamos aos dias atuais, nos qusis Lestat e sua banda – “mais famosos que os Beatles” – se apresentam pela primeira vez ao ar livre. Vale lembrar que, não apenas a biografia, mas também as letras das músicas, revelam as histórias mais secretas das criaturas do submundo. E é o revelar desses segredos que deixa toda a espécie enfurecida, o que é – desde o início – a intenção de Lestat. O livro se encaminha para o final quando Louis e Gabrielle ressurgem, depois de séculos sem se unirem, para ajudar a proteger o príncipe vampiro das criaturas que querem sua morte e planejam um ataque durante sua apresentação ao vivo. Apesar de muitos vampiros investirem contra o protagonista, uma força misteriosa salva-lhe a vida, destrói todos os seus perseguidores e o sequestra.

queen-of-the-damned-pic-5

A força misteriosa que salva a vida de Lestat e seus amigos é Akasha, a mãe de todos os vampiros que despertou do sono de séculos por causa da música e da audácia do vampiro, resolve retornar ao mundo dos vivos fazendo do músico vampiro seu amante. Assim começaremos a história de A Rainha dos Condenados, o terceiro livro das crônicas vampirescas de Anne Rice e também tema de mais um filme de sucesso sobre vampiros.

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published.