“Ainda não aterrissei. Mantenho-me suspenso no ar com o ganho de novas asas. Reparei o quanto havia me sobrecarregado de entulhos emocionais e, pegando carona na Revoada que passou no último sábado, aproveitei e fui embora com eles. Antes de alçar voo, fiz o meu batismo. Passarinhos lindos ao meu redor lavaram minhas mãos com delicadeza e me deram uma flor pra eu nunca esquecer aquele momento. Era amor em cada toque, já não sabia distinguir o que era ator e público, pois éramos um só.”

Começo meu texto com o relato que escrevi em meu caderno sobre o espetáculo Revoada do Arkhétypos Grupo de Teatro,  apresentado nesse final de semana e que ainda estará em cartaz nos dias 30 e 31 de agosto no TECESOL.

Por que você deve ir assistir a essa obra? Justifico com as palavras do diretor Robson Haderchpek: “Não é um espetáculo, é um encontro!”. Revoada é um encontro que você faz com si mesmo, uma oportunidade pra gente se renovar e aprender a voar se libertando do que nos prende.

revoada_5Assim que cheguei, troquei meus pertences por uma almofada que me serviu bastante não apenas para sentar, pois o espetáculo é itinerante, mas para abraçar, apertar, permitindo que o desapego acontecesse sem dor. Adentrei numa selva cheia de pássaros e de lá não saí até agora.

Revoada é uma obra cheia de afeto, um convite ao desnudamento, um lugar onde ator e público são um só. É teatro, e digo mais, dos bons! Atores que se doaram ao trabalho permitindo que isso transparecesse até no modo como se colocam em cena, tanto o físico quanto o espiritual. É uma obra dinâmica, intensa, carregada de ações e movimentos.

Os pássaros nos rodeiam, nos convidando para presenciar uma grande revoada. Cada um buscando algo, nos desafiando aos obstáculos rumo à liberdade. Um batismo, um ritual acontece e lá vamos nós em busca de respostas ao universo. A natureza salta aos nossos olhos e presenciamos o desconhecido, o medo, a morte, a ressurreição.

É limitador escrever esse texto sem poder contar o que acontece, narrar detalhadamente as imagens que vi nos momentos que mais me prenderam, já que o espetáculo ainda está em cartaz. Receio influenciar a percepção de cada um quando forem assistir. Digo apenas que se permitam, deixem-se levar pela celebração, pelo ritual. E não se acanhem quando um passarinho vier consertar suas asas, você vai precisar delas para reaprender a voar sozinho.

SERVIÇO

Espetáculo Revoada

Quando: 30 e 31 de agosto
Horário: 18h
Onde: TECESol – Rua Governador Valadares, S/N – Neópolis, Natal – RN
Quanto: R$ 30,00 (inteira) | R$ 15,00 (estudante)

Deixe um comentário

Your email address will not be published.