michael_cera_cover

“Meu grande amigo Michael Cera não é só um ator brilhante, ele também faz boa música”. Por meio do passarinho azul, o ator Jonah Hill divulgou “True That”, nova aposta musical de Michael Cera. Com 18 faixas, o álbum é gratuito para escutar online e pode ser baixado por um valor mínimo de sete doletas.

Hoje, eu canto as canções que você fez pra mim..." Michael Cera se diverte na capa de “True That”.

“Hoje, eu canto as canções que você fez pra mim…” Michael Cera se diverte na capa de “True That”.

Há mais de uma década trampando como ator, o envolvimento de Cera com a música passa longe de uma novidade. Basta lembrar de alguns de seus personagens como o boboca Paulie Bleeker, de Juno (2007) e, claro, o homem à frente da Sex Bob-Omb, Scott Pilgrim. Fora das telonas, o garotão canadense assinou a trilha sonora do filme Paper Heart (2009). Cera também pode ser ouvido como integrante da banda Mister Heavenly, grupo com contrato assinado com a lendária Sub Pop.

Que Verdade, hein, Cera? O veredito sobre o último trabalho do ator é positivo. “True That” é um álbum bacana de ser ouvido. Com fortes elementos do folk, grande parte do material é composto de canções instrumentais. Violões, pianos e guitarras incidentais contribuem para o formato lo-fi escolhido pelo compositor.

Mesmo assim, arrisco dizer que faixas como “Ruth” e “Steady Now” são os pontos altos do trabalho. A explicação fica por conta da voz de Cera, encaixada com propriedade e agradavelmente ambientada no estilo das canções. Vale apontar o ótimo cover de “Clay Pigeons”, canção do cantor folk Blaze Foley, morto em 1989.

Para escutar “True That”, é só dar o play.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.