Adeus, Joe Cocker

(1944-2014)

Joe Cocker (1944-2014)

Um câncer de pulmão matou o inglês Joe Cocker, aos 70 anos, um dos mais conhecidos cantores de rock e blues. Ele é famoso pela sua voz rouca e também pela épica apresentação no Woodstock. A forte presença de palco era lembrada e imitada pelo saudoso John Belushi, quando o comediantes participava do programa Saturday Night Live.

Nasceu no dia 20 de maio de 1944, na cidade de Sheffield. Começou a sua carreira musical ainda quando estava em sua cidade natal, aos quinze anos de idade, naquela época o seu nome artístico era Vance Arnold. Tocou com The Avengers, depois com os Big Blues (1963) e, em seguida, formou a Grease Band (1966).

Após adotar o nome artístico de Joe Cocker, ele começou a tocar em vários bares da Inglaterra. Seu primeiro grande sucesso foi a canção “With a Little Help from My Friends”, também nome de seu primeiro álbum. Inicialmente, foi gravada pelos Beatles. A versão traz uma nova roupagem e interpretação própria. Foi a apresentação dessa música no Woodstock que lhe fez ficar conhecido pelo mundo inteiro e virou o tema de abertura da série “Anos Incríveis” (aquela do Kevin Arnold, lembra?).  Uma curiosidade desta gravação é que quem tocou guitarra no cover foi  Jimmy Page, que se tornaria conhecido com o Led Zeppelin.

Além de “With a Little Help from My Friends”, ele gravou “She Came Through the Bathroom Window”, dos Beatles. Depois veio o seu segundo grande sucesso, “Delta Lady”, cover de Leon Russell. Conquistou disco de ouro com o With a Little Help From My Friends (1969) e Joe Cocker! (1969) nos Estados Unidos.

No começo dos anos 70, Cocker teve problemas com drogas e álcool que acabaram atrapalhando sua carreira. Apesar de ter feito muitos covers, ele também atuou como compositor, algumas músicas dele foram “Something to Say”, “Woman To Woman”, “High Time We Went” e “High Lonesome  Blue”.

Conseguiu se livrar das drogas e retornou ao sucesso nos anos 80, conquistando grande visibilidade até os anos 90 com as canções “Don’t You Love Me Anymore”, “Up Where We Belong” (vencedora do Grammy em 1983), “You Are So Beautiful”, “When The Night Comes” e “Unchain My Heart”. Cocker também influenciou a cultura popular, a cena de Kim Basinger fazendo um striptease para Mickey Rourke no filme “Nove Semanas e 1/2 de Amor” ao som de “You Can Leave Your Hat On” faz todo mundo associar a canção com o ato de tirar a roupa.

Por causa de seus covers dos Beatles, em 2007, Joe fez uma participação especial em Across the Universe, longa-metragem musical de Julie Taymor, interpretando a música “Come Together”. Apesar do sucesso nos anos 70 e 80, ele continuou produzindo músicas e fazendo novos álbuns. Ao todo, ele gravou 40 álbuns, sendo o último lançado em 2012, o “Fire It Up”. A última passagem de Cocker pelo Brasil foi também naquele ano.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.