Saíram os indicados ao Oscar! Como nos último anos, vamos comentar os indicados à categoria “Melhor Canção Original”, ou seja, aquelas canções que marcam e caracterizam o filme. Por exemplo, quando você escuta “Skyfall” de Adele, lembra-se de quê? O filme homônimo da franquia 007, claro! Neste ano está difícil prever qual canção que vencerá, pois todas são muito boas.

Confira as nossas avaliações a seguir:

Simple Song #3: David Lang (Youth)

David Lang é um famoso compositor americano de música erudita e já ganhou diversos prêmios. A canção “Simple Song #3” está inclusa no filme italiano “Youth”, que foi sucesso em Cannes. O enredo conta a história de dois amigos com quase 80 anos de idade, que estão de férias em um hotel elegante aos pés dos Alpes. Fred é um compositor e maestro aposentado e Mick, um diretor de cinema que ainda está trabalhando. Juntos, os dois passam a se recordar de suas paixões da infância e juventude. Enquanto Mick luta para terminar o roteiro do que ele imagina ser seu último filme importante, Fred não tem nenhuma intenção de retomar sua carreira musical.

Já que a história envolve um músico erudito, claro que as canções são baseadas neste estilo musical clássico.

Confira a música:

Til It Happens to You: Lady Gaga, Diane Warren (The Hunting Ground)

É uma das canções mais sensíveis e profundas que Lady Gaga compôs durante a sua carreira. O clipe é emocionante e provoca a reflexão sobre a violência contra a mulher. A música consiste em uma produção orquestral com cordas, e uma entrega vocal emocional de Gaga. Liricamente, pede aos ouvintes para ficar na posição da vítima e tentar entender o tumulto que ela atravessa.

“Til It Happens to You” foi mais tarde incluída como parte de um anúncio de serviço público vídeo, dirigido por Catherine Hardwicke. O vídeo retrata diversas situações de violência contra as mulheres e agressões sexuais. Ele termina com uma nota de advertência sobre os efeitos de tal aflição, e as mulheres que encontram consolo com seus amigos e parentes.

Foi destaque do documentário “The Hunting Ground” (raramente os indicados para esta categoria são deste gênero de filme), que trata de um caso de estupro que aconteceu dentro de uma universidade dos Estados Unidos.

Manta Ray: Antony Hegarty, J. Ralph (Racing Extinction)

Mais uma canção vinda que compõe a trilha sonora de um documentário. Manta Ray, que é uma espécie de peixe parecida com a raia, faz parte do filme “Racing Extinction”, um documentário estadunidense de 2015 sobre a extinção em massa do Holoceno (várias espécies poderão deixar de existir ao mesmo tempo), com depoimentos de cientistas, jornalistas e ativistas, sob a direção de Louie Psihoyos

O clipe é belíssimo e mostra as maravilhas das espécies que vivem nos mares.

Earned It: The Weeknd, Stephan Moccio, Belly,… (50 Tons de Cinza)

Apesar de 50 Tons de Cinza ser mais possivelmente indicado ao Framboesa de Ouro, uma de suas canções que incluem a trilha sonora pode ganhar um Oscar. O filme não é exatamente uma obra de arte, distorce o sadomasoquismo e romantizar uma relação nada sadia, mas a trilha sonora da película é muito boa (vamos trabalhar com a verdade!), sem contar com a nova versão de Crazy In Love, da Beyoncé.

A canção fala de um rapaz que promete “cuidar da amada”. The Weeknd explodiu há pouco tempo nas paradas e já recebeu uma indicação da Academia. Que moral!

Writing’s On The Wall: Sam Smith, Jimmy Napes (007 Contra Spectre)

A música ganhou o Globo de Ouro, mas será que ganhará o Oscar? É um forte candidato. O inglês Sam Smith conquistou muito bem o mercado americano com as suas composições e melodias bem construídas que grudam nas nossas cabeças.

A música faz parte do filme “Spectre”, o mais recente da franquia de 007.  Para mim, ele é a versão masculina de Adele, que também fez uma canção para “Skyfall”, e ganhou uma estatueta. O filme pode não ser o melhor de James Bond, mas a canção é muito boa.

Para mim, os fortes candidatos a levarem a estatueta são Smith e Lady Gaga. Aguardemos o resultado!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.