x

Um super-herói de verdade apareceu em Campina Grande, Paraíba, disposto a enfrentar os bandidos e proteger a população. Pelo menos era o que se pensava. Eu explico.

Tudo começou com um boato. Uma mulher teria ligado para uma rádio local e afirmado que um homem vestido de super-herói teria a salvado do ataque de bandidos em um bairro da cidade. Logo depois, um casal teria avistado o paladino em outro bairro; não só o avistaram como tiraram uma foto do sujeito. Através de uma página no Facebook logo a imagem se espalhou e as pessoas compartilhavam a – agora – notícia. Todos queriam saber de onde teria surgido tão pitoresca figura.

Grand1

Não tardou até que o defensor fez nova aparição. Agora já com a alcunha de Super Tropeiro – nome recebido por conta dos “Tropeiros da Borborema”, os quais foram importantes para o desenvolvimento da cidade, ainda no século XIV – o corajoso homem foi flagrado em um vídeo de câmera de segurança; na ação, dois bandidos em uma moto atacavam uma mulher que passava pela rua e eram afugentados pelo homem com vestes de herói. Mais uma vez a população ficou intrigada, se perguntando se o homem era louco, temendo que ele próprio fosse morto por marginais. O caso despertava curiosidade da parte de alguns e descrença da parte de outros.

Até que, em sua terceira ação, o watchmen campinense enviou uma carta aberta à população de Campina Grande. O texto foi veiculado pela mesma página no facebook e era intitulado de “Uma cidade precisa de seus heróis”. Nas linhas, o valente se autointitulava de Grandman e dizia não ser louco, e sim um homem comum que tomou consciência de que as pessoas não poderiam viver com medo, e por isso estava disposto a agir em favor do povo. A esta altura as opiniões estavam mais que dividias, havia pessoas acreditando realmente na presença de um herói, outras percebendo que poderia se tratar de um viral (eu incluso), e ainda os que achavam que viria pela frente uma candidatura de protesto nas eleições deste ano.

Grand 2

Foi aí que no sábado, 23 de maio, a identidade do Grandman foi revelada. Não, não era um herói de fato, para a tristeza de muitos. Tratava-se de uma ação de marketing para o lançamento do novo clipe da banda Grandphone Vancouver, aquela mesma que ficou conhecida por conta do vídeo da música Miss me. A ideia é de criação de Fernando Ventura, mente por trás da banda e contou com uma grande equipe para que pudesse ser realizada.

O clipe em questão se chama Life is Long Enough e mostra a história de um herói aposentado, interpretado por Fernando Teixeira (Baixio das Bestas) que tem sua esposa morta pelo seu arqui-inimigo, interpretado por Chico Oliveira, e após o trágico fato decide voltar à ativa. Musicalmente trata-se de um rock alternativo à la Coldplay. O clipe é muito bem produzido. Além de um ótimo elenco, com atores já conhecidos, tem também uma parte técnica muito boa, com uma bela fotografia. Interessante também as referências ao próprio Grandman.

Segundo informações do Grandphone Vancouver, a música fará parte de seu debut álbum, intitulado “Red on Venus”, que será lançado no segundo semestre. O clipe também faz parte de um projeto transmídia que irá contar a história do Grandman em três diferentes plataformas: videoclipe, HQ e game. Paralelamente, a banda lança campanha para angariar votos para o Prêmio Multishow, do canal homônimo. Estão concorrendo na categoria Experimente. Os lançamentos dos outros produtos aconteceram nos próximos dois meses, mesmo período de votação do Prêmio.

super-tropeiro-arte-1

Infelizmente Campina Grande ainda não tem um herói de verdade, fica para a próxima. Mas ao que parece, a bem bolada ideia surtiu efeito, em pouco mais de 24 horas o vídeo já contabiliza mais de 8 mil acessos no Youtube. Confira abaixo Life is Long Enough.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.