Por que Paris?: ajude o Grupo Carmin a financiar novo espetáculo

O grupo potiguar de teatro Carmin vai lançar um novo espetáculo em 2015. Após o sucesso de “Jacy”, eles estão na montagem de “Por que Paris?”, protagonizado pelo atriz Quitéria Kelly. Eles já conseguiram um patrocínio de 30 mil reais do Sesc. Entretanto, o valor total do projeto é 45 mil reais.

Para completar os 15 mil restantes, eles resolveram angariar através do Catarse, site de financiamento coletivo, que está sendo bastante utilizado pelos artistas locais. Esse valor vai ser destinado aos cachês do elenco, além da aquisição de alguns equipamentos.

A peça conta com a participação de Diogo Liberano (RJ), Adelvane Neia (SP), Lourant Camerini (França) e James Bailey (Inglaterra). Os recursos custearão sobretudo a vinda dos profissionais e remunerações para todos os artistas que já vêm trabalhando há 6 meses. Confira a seguir o vídeo que conta mais detalhes sobre a atração:

Desses 15 mil reais, 7 mil será destinado aos cachês artísticos e cinco mil para o complemento do material cenográfico. O restante vai ser destinado aos brindes para aqueles que vão ajudar nesta contribuição e à taxa cobrada pelo site de financiamento coletivo.

Dentre os brindes fornecidos pelo grupo para aqueles que ajudarem o projeto estão bottons, camisetas, posteres e até uma oficina com integrantes do Carmin.

O espetáculo é baseado na vida e obra da escritora Marguerite Duras (“O Amante”, “Barragem contra o pacífico”) que viveu em Paris, na França, e Indochina (atual Vietnã, Malásia, Myanmar, Singapura, Tailândia, Laos e Camboja), marcadas pela contradição de valores (colônia e colonizador), sobre os quais Marguerite sempre se posicionou de forma polêmica.

A peça vai criar uma reflexão sobre supervalorização do que vem de fora e sobre o sentimento de que moramos no pior lugar do mundo, que tem sido massivamente ecoado pelos veículos de comunicação, tornando a insatisfação um problema ainda maior.

Mais informações no Catarse do projeto.