Prêmio Hangar 2014: O público pode escolher quem pode levar os prêmios

Khrystal recebeu quatro indicações no 12º Prêmio Hangar

Khrystal recebeu quatro indicações no 12º Prêmio Hangar

Após apresentar os possíveis vencedores que serão definidos a partir de um corpo de jurados, agora vamos falar sobre quem você pode votar para vencer no 12º Prêmio Hangar de Música, que acontece nesta próxima quarta-feira (19), às 19h30, no Teatro Riachuelo. Ao todo, são 15 categorias, sendo que oito delas terão seus vencedores escolhidos pelo público natalense.

Como vai ser esta votação? De acordo com a organização, eles contrataram um instituto de pesquisa, que estão nas ruas de Natal desde o dia 07 de novembro perguntando sobre o assunto. A empresa escolhida para ser responsável por esta coleta é a Smart, que é especializada em pesquisas de opinião, mercado e mídia.

Abaixo você confere quem o público pode escolher:

Destaque do RN e Artista do Ano

Quem foi que se destacou na música potiguar este ano? Dentro da listagem estão os seguintes concorrentes:

Rastafeeling: Abriu o segundo dia do Festival Mada de 2014, é uma das bandas de reggae mais conhecidas e tradicionais da cidade. É formada por Allan Rastafeeling (guitarra e vocal), Marinna Rodrigues (vocal), Michael William (guitarra), Max Coelho (teclado), Jonathas Rodrigo (baixo e vocal) e Judson Silva (bateria). Estão em atividade há 10 anos e a comemoração está repleta de atividades.

Rastafeeling

Rastafeeling

Luizinho Nobre: Ele é conhecido na cena noturna natalense por suas canções de samba e pagode. Começou a sua carreira solo em 2012, quando lançou o projeto “Samba Sanfonado”, que misturou forró com samba, e nunca mais parou. Depois, lançou um CD e DVD honôminos e é um dos cantores mais populares da cidade.

Os outros artistas que concorrem são  MC N10, que foi o pioneiro no funk natalense; a banda de forró Farra de Rico e, por fim, a cantora Khrystal, que se destacou pela sua incrível participação no “The Voice Brasil” e o lançamento do álbum “Dois Tempos”.

Por falar em Khrystal, ela tem quatro indicações neste ano e também está cotada para ganhar a “Artista do Ano”. Os outros concorrentes desta categoria citada são a cantora Camila Masiso, que recebeu o maior número de nomeações (foram cinco) e neste ano lançou seu segundo álbum com letras inéditas chamado de “Patuá”; a vocalista da banda carioca Pietá, Juliana Linhares,  a cantora Valéria Oliveira e Far From Alaska, grupo que se destacou no cenário musical potiguar e nacional por causa do seu indie rock de qualidade e chegou a ser elogiado por Shirley Manson, vocalista do Garbage.


Destaque do Hip Hop

Caboclas MC’s: Criado no ano passado, o grupo feminino tem o objetivo de valorizar a cultura nordestina e das mulheres através do hip-hop. É formado pelas MCs Pret@, Jujux e o DJ Russo. Escute o som das garotas em um show a seguir:

Carcará Na Viagem: Misturando elementos regionais do Nordeste com o rap e composições próprias, a banda surgiu em 2005 e já tocou no Mada e Carnaval Multicultural. Eles ganharam o prêmio de “Melhor Intérprete” no I Festival da Canção e da Cultura Potiguar, realizado pela Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte. Lançaram o álbum “Mas Que Beleza”, cuja uma das faixas pode ser escutada a seguir:

Chico Bomba & Zé Baga: Uma das atrações do Festival Dosol 2014, os MCs da Zona Norte já estão na área faz muito tempo. As músicas abordam o cotidiano vivido na parte que é ignorada por Natal. A seguir o clipe “De Igual Para Igual”:

Time do Patrão: O grupo é formado por pessoas experientes na cena do rap natalense, como Mano Edu, Breno Slick (Família Alcateia), Koala Louco da Côrte (Sonora/1conto) e Pret@ (Caboclas MC’s). As letras e o ritmo apresentam estilo “gangsta”, que ficou conhecido por rappers americanos estilo 50 Cent e Snoop Dogg.

Trinca Flow: Surgiu no ano passado, em Macaíba, região Metropolitana de Natal, e é formada por Nasky, Cisco e Thales. Três meses depois da formação, eles lançaram a canção “Pronto Pra Batalha“, desde então a vem sendo publicados alguns trabalhos avulsos.


Banda do Ano

Camarones Orquestra Guitarrística: É uma das mais tradicionais bandas de rock instrumental da cidade, já tocou em todos os festivais de música independente do país e deu uma passeada pela gringa. Atualmente, a formação conta com Ana Morena (baixo), Anderson Foca (teclado/efeitos), Fausto Alencar (guitarra) e Yves Fernandes (bateria).

Candeeiro Jazz: É formado por Jubileu Filho no violão e na guitarra, Sérgio Groove no baixo e Zé Hiton na sanfona. O grupo participou de vários eventos relacionados à música instrumental e nos primeiros cinco anos se apresentavam com frequência nos principais palcos da capital potiguar e em outros estados. Após uma pausa, eles retornaram as atividades em 2012, na segunda edição do MPB Jazz. Além do jazz, a banda mistura elementos regionais em seu repertório.

Dusouto: O trio Paulo Souto, Gabriel Souto e Gustavo Lamartine está bastante tempo em atividade. Eles misturam música regional, samba, funk, drum’n’bass, dub, reggae e dentre outras coisas. Já lançaram três álbuns e um EP. Em 2012, eles já ganharam o prêmio de “Melhor Banda” do Prêmio Hangar de Música.

Far From Alaska: Em 2014 nasceu o álbum de estreia da banda, intitulado de “modeHuman”. A banda surgiu no ano de  2012 e em pouco tempo participou do “Planeta Terra Festival”, após os integrantes terem vencidos um concurso concorrendo com outras pessoas. A participação dos potiguares no evento trouxe visibilidade e provocou elogios da cantora Shirley Manson, líder do Garbage. O disco completo pode ser escutado no site oficial da banda.

Kataphero: Surgiu em 2010 e é uma das bandas de heavy metal do Rio Grande do Norte que mais tem crescido. Eles estão dentro do Projeto Incubadora, organizado pelo Dosol, onde vão produzir o segundo álbum, o primeiro foi lançado em 2012 e se chama “Life”, está disponível para ser escutado na página deles no You Tube.  É considerado uma das revelações do metal no Nordeste.  Além do Festival Dosol, eles já se apresentaram no Abril Pro Rock,  em Recife.


Projeto Musical do Ano

Em parênteses estão citados os produtores culturais e organizações responsáveis pelos eventos que serão citados a seguir.

Show de Jaques Morelenbaum Cello Samba Trio no Fest Bossa Jazz (Foto: Gustavo Mitilene/Facebook)

Show de Jaques Morelenbaum Cello Samba Trio no Fest Bossa Jazz (Foto: Gustavo Mitilene/Facebook)

Fest Bossa & Jazz (Produtora: Juçara Figueiredo): É um evento criado em 2010 e toca o melhor do jazz brasileiro e mundial na praia de Pipa, localizado no município de Tibau do Sul. Além das apresentações, o evento também conta com a realização de workshops. Neste ano, as atrações principais foram Sesi Big Band, Ed Motta, Eric Gales e os potiguares Artur Soares, Camila Masiso e Rogério Pitomba.

Festival Dosol (Anderson Foca): O Festival Dosol reúne os principais nomes da música alternativa do Rio Grande do Norte e brasileira na Rua Chile, no bairro da Ribeira, há uma década. De vez em quando, aparecem uns gringos. Neste ano, o evento contou com quatro dias em Natal e também se expandiu para outras cidades do interior do estado, como Caicó, Currais Novos, Santa Cruz e Mossoró.

Música No Ar (Green Point – Monica MacDowel): O projeto “Música No Ar” acontece uma vez por mês, no Teatro Riachuelo. O objetivo é promover encontro com os artistas locais com aqueles que tem um renome nacional. Já participaram do projeto:  Leila Pinheiro, Daúde, Lis Rosa,  Antônio de Pádua, Antônio Nóbrega, Grupo Quarteto Linha, Leci Brandão, Rosa de Pedra e Chico César.

Parcerias Sinfônicas (Sesc/RN): O evento acontece há quatro anos e é mais uma ação institucional em prol da valorização da cultura potiguar. São apresentações de cantores da terra com a Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (OSRN). A cada ano, eles realizam um espetáculo diferente e neste ano o título é “Alpendre”, na qual os cantores potiguares Dodora Cardoso, Galvão Filho e Liz Rosa e bailarinos para interpretar grandes artistas potiguares.

Som da Mata (Marcos Sá): Dentre os projetos mais indicados, o Som da Mata está há mais tempo em atividade. Começou em  2006 e acontece todo domingo, a partir das 16 horas, no Parque das Dunas. Os visitantes recebem artistas potiguares no anfiteatro do local, sem pagar nada, somente a entrada do parque, que é de apenas um real.

Outros indicados

Também pode ser escolhido qual foi melhor o show do artista potiguar, se foi de Camila Masiso, Candeeiro Jazz, Dusouto, Far From Alaska ou Khrystal. Ainda pode votar qual foi o melhor MC da capital potiguar, foi MC AJ? MC Leozinho do B.A? MC N10 ou MC Speto? Além disso, os cantores Camila Masiso, Isaque Galvão, Jaina Elne, Khrystal e Lysia Condé estão disputando o prêmio de melhor intérprete.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.