O passeio das Serras Gaúchas normalmente se resume às cidades de Gramado, Canela, Caxias do Sul, Garibaldi e Bento Gonçalves. Inicialmente minha viagem não tinha como foco o turismo. Como minha mãe está residindo em Bento, fui visitá-la e resolver algumas questões pessoais. Mas com o passar dos dias, conhecer as cidades tão charmosas foi se tornando inevitável. Passear pelos vinhedos, provar vinhos, champagnes, queijos, cucas, chocolates, salames, e experimentar – é claro – a bebida típica do sul, o chimarrão. Sem falar da experiência que é estar na região, conviver com pessoas extremamente educadas, calmas, simpáticas e visitar cidades super limpas – com coleta de lixo seletiva em todas elas. Eu não sou muito de jogar confete nas cidades alheias, sou bem bairrista com meu Nordeste, mas a educação da população me surpreendeu positivamente.

Você frequenta qualquer lugar – até mesmo os shoppings centers – e não há aquele barulho. Ir ao sul do Brasil e como visitar a Europa, até o idioma tem algumas peculiaridades, o que só me deixou mais encantada com meu Brasil, suas diferenças e misturas.

21911_4750270352785_2131383573_n

  • Bento Gonçalves

Uma cidade que vive para a uva e o vinho, com mais de cem mil habitantes, Bento se revela uma dos maiores expoentes econômicos das cidades gaúchas. Localizada há 124 km da capital, Porto Alegre, seu potencial são basicamente o turismo e também as indústrias, que são responsáveis por 70% da representatividade econômica do local. Entre fábricas de móveis, vinícolas e metalúrgicas, são mais de 500 instaladas no município. Bento Gonçalves, segundo as Organizações das Nações Unidas (ONU), está como a sexta melhor cidade de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil. #UmBomLugarPraViver

Pontos turísticos: Caminhos de Pedra

O local reúne casas temáticas com degustação, visitação de fábricas, conhecimento e manejo dos mais diversos produto que foram fabricados originalmente na colonia. Artesanato, massas, frutas, doces, laticínios, tecelagem, bebidas: as casas são sinalizadas na estrada e normalmente em mapas são distribuídos nos pontos de informação ao turista. A ideia de marketing é genial, pois consegue remeter ao passado, unindo conforto, segurança e conhecimento. Você pode visitar locais inusitados como construções com mais de cem anos e viver um pouco da vida no campo.

Tem casa do tomate, da ovelha, da tecelagem, da erva mate, das massas, e além de conhecer o processo você também sai com a sacola cheia de produtos. Fui em várias casas e as visitações custam no máximo R$7.

Vale dos Vinhedos

Um caminho repleto de curvas, belas paisagens e nas redondezas ficam as vinícolas responsáveis pela produção dos vinhos da região. Desde as mais famosas Salton, Miolo, Chandon e tantas outras apenas com produção artesanal e familiar. Há também um spa do vinho cuja diária custa a bagatela de R$420 para o tratamento mais simples durante um dia.

Rio das Antas

Não tive chance de ir visitar o Vale do Rio das Antas, por isso preciso voltar, para praticar rafting e também me jogar do pêndulo. A empresa responsável é a Gasper, que faz todos os passeios de aventura. Eles tem pêndulo, uma espécie de bungee jump, tirolesa, cachoeirismo, canionismo, rapel, duck e o rafting descendo o rio das Antas. Não pesquisei preço, mas deve ser uma aventura e tanto.

Passeio de Maria Fumaça

O passeio tem 23 km a todo vapor em uma locomotiva do século 19, com o custo de R$60 por pessoal. O trem sai das cidades de Bento ou de Garibaldi, a viagem é só um trecho e você aprecia as belas paisagens da região, há também uma encenação que explica como os imigrantes Europeus, mais especificamente os italianos, chegaram até o local.

  • Gramado – RS

A arquitetura, as fazendas da região, os pórticos de entrada, zoológico, os lagos, museu de cera, do chocolate, de pedras naturais, os cristais, museu do perfume o que não falta são atrações para se visitar em Gramado.

Durante um fim de semana fomos à terra do chocolate e dos calçados. Atenção meninos, esse é o local ideal para agradar qualquer mulher, afinal sapato e chocolate representam a mistura perfeita. Fui em alguns outlets de calçados, mas não achei preços bárbaros, tudo mais barato sim, porém dentro do normal. #MeControlei Já nos chocolates a loucura precisa ser perdoada, eu saí comprando como se não houvesse amanhã. Chocolate com amêndoas, crispy de chocolate, com passas, trufas, sorvete, chocolate quente, gelado e tudo que tinha direito.

Lojas de chocolate

Uma das avenidas ideais para caminhar e comprar é Av. Borges de Medeiros. Nela ficam localizadas as principais lojas de chocolate e locais para o turismo: restaurante, cafeterias, lojas de roupas, calçados,e claro muitas chocolaterias. #SeJogaBonita

Rua Coberta

Pertinho do Palácio dos Festivais, local no qual ocorre o Festival de Cinema de Gramado,é a rua coberta que liga a Av. Borges de Medeiros com a rua Garibaldi, por lá você encontra lojas, restaurantes e uma arquitetura fantástica. Aprecie sem moderação, veja as pessoas passarem, sente-se nas peles de ovelhas e tome um bom chocolate quente.

Mini Mundo

Criado pela família Höppner em 1981, representa a fantasia de uma cidade em miniatura, ao estilo Legoland, da Dinamarca. Mostra réplicas de um mundo imaginário e criativo.

Rótula das Bandeiras

Situada na Praça Leopoldo Rosenfeldt, presta uma homenagem simbólica aos Estados brasileiros, através de bandeiras hasteadas no local. É onde se encontra também uma réplica do “Kikito”, o cobiçado troféu que representa o “Deus do Bom Humor”, entregue aos destaques do Festival de Cinema de Gramado, que acontece todos os anos em agosto.

img_5883

Lago Negro

Inicialmente chamava-se Vale do Bom Retiro. Após um incêndio que arrasou a imensa mata existente na região, Leopoldo Rosenfeldt construiu o lago, decorando suas margens com árvores importadas da Floresta Negra da Alemanha, daí seu nome, Lago Negro. Suas águas são profundas e de um verde escuro carregado, refletindo o alto dos pinheiros que se alternam com o colorido das azaleias no inverno e o azul das hortênsias no verão. Por toda sua margem existe um passeio florido, podendo-se andar a pé ou de bicicleta. Porém a maior atração fica por conta dos pedalinhos, que dão ao lago um alegre e movimentado colorido

  • Canela -RS

No caminho para Canela, que fica super pertinho de Gramado, estão as fábricas de chocolate, museu do carro antigo, museu de motocicletas, alguns parques temáticos e muitas atrações para a criançada. Canela também é uma opção mais barata para comer ou se hospedar, tem o mesmo charme que a badalada Gramado, mas não o mesmo requinte.

O ano inteiro as cidades turísticas do Rio Grande do Sul recebem eventos culturais, Canela é conhecida pelo festival internacional de teatros de bonecos. A vizinha também possui seus pontos turísticos quedas d’água, o Parque do Caracol, parque de ecoturismo, o parque temático O Mundo A Vapor, com ingressos entre R$ 7 a R$ 15, e a belíssima Catedral de Pedra que fica localizada no centro da cidade.

O Clima

Por sorte, aquela minha antiga ligação com São Pedro (em todas as viagens que faço, o tempo me é bem favorável), o clima estava incrivelmente bom. Os dias estavam “quentes” (temperaturas entre 10º e 22º), clima seco, quase não choveu e muito agradável para se andar pelas ruas de calça e camiseta. Uma delícia para quem (como eu!) detesta o frio, mas por aqui não é sempre assim, venha pronto por as temperaturas congelantes no inverno e escaldantes no verão. Ai o ideal é esquentar com chocolate quente, chimarrão ou mesmo uma dose de crispa (um tipo de destilado produzido da fermentação das cascas do vinho) ou encarar o sorvetinho, tererê (erva mate gelada) e muita, muita água.

img_5966

#FicaADica Diferente de muitas outras cidades no Brasil, as Serras Gaúchas estão preparadas para o turismo, centrais de informações, mapas, sinalizações e muita gente disposta a te ajudar no que você precisar. Se perdeu, teve dúvida ou quer saber qualquer besteira, pare num centro de informação ao turista e se jogue nas dicas.

 [nggallery id=16]

*Com informações da Prefeitura de Gramado- RS, Bento Gonçalves- RS e Canela – RS.

**texto publicado originalmente no blog Sabor Melancia.com

Deixe um comentário

Your email address will not be published.