O jornal britânico The Guardian recentemente fez uma lista de “onde achar boa música” nas cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Pois é, o pessoal lá da gringa está antenado no som daqui, se engana aqueles que pensam que só tem bossa nova. O jornalista Lewis Robinson selecionou um artista de cada cidade anfitriã, são elas: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Cuiabá, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza e Manaus.

Jorge_ben

Àqueles que vão assistir aos jogos no reformado Maracanã, além de desfrutar das beleza da Cidade Maravilhosa, também terão muitas opções musicais pra desfrutar. O jornal britânico indicou um dos nomes mais importantes da música carioca e brasileira, o veterano Jorge Ben Jor. Unindo o seu samba com soul e rendendo uma combinação única resultou num som swingado inconfundível.

os_mutantes

Aos gringos que vierem assistir jogos no Itaquerão, lá em Sampa, a pedida musical é a banda vanguardista Os Mutantes. Influência para uma infinidade de bandas nacionais e internacionais, o trio composto por Rita Lee, Arnaldo Baptista e Sérgio Dias foi uma das referências musicais do finado Kurt Cobain.

Satanique-Samba-Trio

Aqueles que vão a Brasília receberam a seguinte indicação: Satanique Samba Trio, o grupo faz um som misto de punk com jazz e música brasileira, uma fusão bacana de ritmos.

Elis

As duas capitais do sul do país que receberão os jogos da Copa são Porto Alegre e Curitiba, e as indicações foram de cantoras, mas completamente diferentes. A indicação de POA foi um dos ícones da música brasileira, Elis Regina. Já a dica para aqueles que forem a Curitiba é uma jovem revelação, Karol Conka.

Macaco Bong 2

Diretamente de Cuiabá o power-trio Macaco Bong foi a banda lembrada ao se falar da capital do Mato Grosso. A indicação foi inusitada, porém extremamente relevante. Inusitada por se tratar de uma banda instrumental e relevante por ser um dos mais interessantes grupos da cena instrumental brasileira.

Graveola-2-foto-Flávia-Mafra

O reformado estádio Mineirão vai ser um dos palcos do futebol mundial e qual a dica de som pra se ouvir por lá? O grupo de Belo Horizonte, Graveola, que faz um misto de tropicália com música folk e funk.

Lucas Santtana por Daryan Dornelles

E no nordeste, qual é a pedida? Se você pensou nas inúmeras bandas de forró e axé, errou! Os caras do The Guardian mandaram bem em sua seleção e só pintou nome interessante pela terras nordestinas, saca só: A pedida da Bahia não foi Ivete Sangalo ou Cláudia Leitte, mas sim Lucas Santtana. Àqueles que forem a Arena Fonte Nova em Salvador já tem uma dica bacanérrima, Santtana faz um misto de música eletrônica, bossa nova, dub e MPB.

nacao_z

Subindo um pouco mais no mapa, vamos a Recife, capital de Pernambuco, lá os gringos não indicaram o rei do baião, Luiz Gonzaga, mas sim um grupo consolidado internacionalmente, Nação Zumbi. A banda que mescla ritmos de rock, maracatu e música eletrônica carrega em seu sotaque sua marca maior.

Khrystal__

Aqui na capital potiguar, Natal, a pedida foi a cantora Khrystal, que faz um som raiz com influências da MPB, samba, forró e côco. A danada com a peixeira na mão está ganhando o mundo! É bem verdade que graças ao programa global a cantora passou a ter uma maior visibilidade e vejam só, até os gringos estão sabendo que moça faz um som dos bons!

CIDADÃO-INSTIGADO

O belo estádio Castelão, em Fortaleza, receberá jogos da seleção brasileira, massa e qual som o pessoal do The Guardian sugeriu? A banda liderada pelo guitarrista Fernando Catatau, o Cidadão Instigado, que faz um som com elementos do forró, música eletrônica e brega.

Banda_os_acossados

A cidade-sede do norte do país é a capital da Amazônia, Manaus. Um dos destinos mais visados pelos turistas que visitam o Brasil, a Arena Amazônia, irá receber jogos da Copa no ano que vem. A pedida do jornal inglês foi a banda Os Acossados que, apesar de ter nome de filme francês, mais tem a ver com as bandas de garage rock do que  com chansons parisienses.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.