Os cinéfilos natalenses, eu inclusa, já estavam desiludidos após duas semanas de alarmes falsos quanto a chegada do filme francês “Elle” a Natal. O thriller de Paul Verhoeven tem sido aclamado por onde passa e já figura na lista de indicados e vencedores de grandes premiações e festivais internacionais, a exemplo do Globo de Ouro, no qual concorre às categorias de melhor filme estrangeiro e melhor atriz de drama (Isabelle Huppert), e do Festival de Cannes, aonde o filme foi um dos concorrentes à Palma de Ouro, um dos troféus mais respeitados do cinema mundial.

No entanto, eis que bons ventos se aproximam nesta segunda quinzena de dezembro e, segundo informações da Cinépolis, o filme já se encontra, sã e salvo, no complexo do Natal Shopping e a estreia em terras tupiniquins está confirmada para a próxima quinta-feira, 15. O filme, que substituirá O Homem Que Viu o Infinito na programação no Cinema de Arte, terá uma sessão diária, às 19h30 de segunda a sexta-feira, e às 14h aos sábados e domingos.

elle-de-paul-verhoeven

A experiente atriz francesa Isabelle Huppert é um espetáculo a parte. No auge de seus 63 anos e com várias estatuetas acumuladas durante o ano nas mais variadas premiações por sua interpretação, torna-se o ponto mais esperado da obra para alguns. No entanto, o curioso roteiro de David Birke e a direção do holandês Paul Verhoeven também são aspectos a serem observados na telona.

Para quem não está situado, lá vai a cola sobre o enredo da obra:

Michèle (Isabelle Huppert) é a executiva-chefe de uma empresa de videogames, a qual administra do mesmo jeito que administra sua vida amorosa e sentimental: com mão de ferro, organizando tudo de maneira precisa e ordenada. Sua rotina é quebrada quando ela é atacada por um desconhecido, dentro de sua própria casa. No entanto, ela decide não deixar que isso a abale. O problema é que o agressor misterioso ainda não desistiu dela. (AdoroCinema)

Prometendo uma história de girlpower, reviravoltas e muito suspense psicológico na complexa mente da personagem de Huppert, que passa longe do estereótipo da mocinha indefesa, Elle se justifica como um dos filmes mais aguardados do ano nos circuitos cinematográficos mais alternativos. A conferir.

https://www.youtube.com/watch?v=ILJEQgxqh7w

Deixe um comentário

Your email address will not be published.