Coro e percussão: Carmina Burana de Carl Orff estreia essa semana

Sob a regência do renomado maestro Linus Lerner, o projeto da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN) faz apresentação na noite desta sexta (30) no Teatro Riachuelo. O maestro que faz a direção artística do espetáculo comanda além da OSRN, a Orquestra Sinfônica de Southern Arizona (SASO), em Tucson (EUA) e o Festival de Ópera de Oaxaca (Oaxaca/México).

Os poemas de “Carmina Burana”  foram escritos por monges e eruditos em meados do século XIII e transformadas em música pelo compositor alemão Carl Orff. A cantata cênica de poemas em latim medieval são peças em sua maioria picantes, irreverentes e satíricas. Conhecida internacionalmente, esta obra musical tem como característica principal o coro e a percussão marcante.

7958_orquestra_sinfonica_do_rn_3
Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte

A obra musical de Carl Orff é composta por 24 poemas, passando pelos hinos orgiásticos, as canções de amor de alto conteúdo erótico e paródias sobre a liturgia. Os poemas refletem questionamentos sobre o comportamento moral do século XIII: “Sobre a terra nestes tempos, o dinheiro é rei absoluto (…) Ele impera nas celas dos abades e a multidão de priores, com as suas capas negras, só a ele louva.”

Os textos originais são entremeados por notas morais e didáticas, como se usava no primeiro Medievo, e a variedade dos assuntos – especialmente de natureza religiosa e amorosa, mas também profana e licenciosa – e de línguas adotadas, expressa o estilo de vida e o pensamento dos autores, que costumavam deslocar-se pelas várias universidades europeias nascentes, assimilando-lhes o espírito mais concreto e terreno.

73630G-201308200086019391

A obra Carmina Burana será apresentada na íntegra com a participação da Companhia de Dança do Teatro do Alberto Maranhão numa coreografia que apresentará o enredo da obra, um misto de sedução e emoções. Além do maestro, a peça contará com a participação de três solistas internacionais: a soprano Christi Amonson, o tenor Adriano Pinheiro e o barítono Wladimyr Carvalho.

FICHA TÉCNICA

Carmina Burana de Carl Orff
Direção Artística Linus Lerner
Solistas: Christi Amonson (EUA) – Soprano, Adriano Pinheiro (BRA) – Tenor e Wladimyr Carvalho (BRA) – Barítono
Dança: Companhia de Dança do Teatro Alberto Maranhão
Vozes: Coral Canto do Povo e Coral Harmus

SERVIÇO

Quando? Sexta feira, 30 de maio de 2014
Horário: 21h
Local: Teatro Riachuelo, no terceiro piso do Midway Mall.
Valores: Depende da localização. Balcão nobre  – R$ 100,00/ frisas – R$ 120,00 / plateia A e B – R$ 120,00 / camarotes – R$ 160,00
Ingressos à venda na bilheteria do teatro

*com informações da assessoria do Teatro Riachuelo