Edith Head: mais que uma figurinista, uma contadora de histórias

O filme Ladrão de Casaca (To Catch a Thief, 1955), dirigido por Alfred Hitchcock, conta a história de um ex-ladrão de jóias que acaba sendo acusado de roubos na Riviera Francesa. O filme conta com as estrelas Cary Grant e Grace Kelly como protagonistas. O figurino ficou por conta de Edith Head, famosa figurinista da Paramount e favorita de Hitchcock.

Catch-a-Thief

A narrativa ambientada na Riviera Francesa abusa de figurinos leves, e no decorrer da história o figurino vai se utilizando de cores mais quentes revelando-se em seu ápice. Edith Head ,figurinista favorita de Hitchcock, era a única que compreendia a mente do gênio. Em Ladrão de Casaca, Edith abusou de listras e vestidos que acentuavam as formas femininas além das jóias .

Na primeira cena, Cary Grant usa uma calça social , uma camisa de manga longa de listras e um lenço vermelho de bolinhas que capta rapidamente a boemia da narrativa, estereótipo francês que se popularizou principalmente com os looks usados por Brigitte Bardot naquela época.

5012_001551

A personagem Frances Steves (Grace Kelly) apresenta a partir do figurino a sua personalidade. Uma garota rica, mimada e sofisticada. Ela abusa de vestidos de chifon, com caimentos de princesa – que posteriormente seriam a marca de Grace Kelly. O vestido azul usado na cena em que ela conhece John Robie (Grant) revela a superioridade que a personagem tem em relação ao protagonista. A frieza incitada pela cor azul denota os sentimentos de Frances.

Em Ladrão de Casaca, três peças chamam bastante atenção: as luvas usadas por Grace Kelly , os lenços usados por Cary Grant e os trajes de banho. As luvas usadas dignamente pela futura princesa de Mônaco denotam a fragilidade das mãos femininas, porém Frances Stevens mostra o inverso – isso significa que Edith, ao construir a personagem juntamente com Hitchcock e Grace Kelly, quis construir uma oposição de caráter da garota. Isso é mostrado nas primeiras cenas em que Frances (Kelly) conhece John (Grant), e o comportamento da garota é diferente quando ambos estão sozinhos. Frances aproxima-se de John e o beija calorosamente, o que difere de seu comportamento hostil anterior.

to-catch-a-thief-grace-kelly-and-cary-grant

Os lenços usados por Cary Grant que, em sua maioria, são de bolinhas – grandes ou pequenas – revelam a informalidade do local. John Robie, solteiro convicto, encontra na Riviera Francesa um local pra recomeçar a vida após aposentar-se do crime. Edith conseguiu a proeza de fazer um mix de estampas de maneira sutil e clássica – bolinhas e listras. As roupas de banho e chapéus volumosos revelam o ar esnobe e superior exercido pela protagonista, além de acentuar a formas do corpo de Grace Kelly .

2010-10-20-12148756_BG2_1Head mostra em Ladrão de Casaca toda feminilidade através do corte dos vestidos, cintura marcada, colo à mostra e jóias. As jóias, foco principal da narrativa, são usadas para revelar e acentuar o colo feminino – de uma forma sexy e provocativa, tanto para a época quanto para o ladrão do filme.

Vencedora de oito Oscars, Edith Head começou na Paramount como assistente de figurino. Inicialmente ela não sabia desenhar, aprendeu com o figurinista Travis Banton que na época era muito requisitado pelas estrelas. Ela ficou responsável pelo figurino dos filmes B e as “starlets”, foi assim que ela conheceu diversas estrelas – como Elizabeth Taylor – que lembravam de seu trabalho e a convidava para ser a figurinista dos filmes posteriores.

Edith conversava com as estrelas sobre personagens e figurino e os criava. Ela foi responsável pelo surgimento da categoria “Melhor Figurino” no Oscar, além de sair vencedora por alguns clássicos como A Malvada, Crepúsculo dos Deuses e Um Lugar ao Sol. Uma das características mais conhecidas de Edith é que ela sabia esconder as possíveis imperfeições das estrelas . Isso aconteceu com a magreza de Audrey Hepburn em A Princesa e o Plebeu e a falta de estilo de Clara Bow em Asas.

A Musa

ladrao de casacca
Ladrão de Casaca, de Hitchcock, aparenta ser um prelúdio ao que viria ser a vida da musa Grace Kelly: casamentos, bailes e vida de princesa. No seu clímax, Grace Kelly aparece ostentando um vestido dourado e volumoso dançando em um baile de gala. Edith Head utilizou o exagero do vestido de Kelly para designar o futuro da personagem, a bonança e a felicidade do casal – assim como involuntariamente aconteceu com sua intérprete.

Ladrão de Casaca foi o último filme de Grace Kelly para Hitchcock e o cinema. A eterna musa de Hitch se casara com o príncipe Ranier de Mônaco para assim largar a carreira em seu auge .

Deixe um comentário

Your email address will not be published.