Seus vizinhos reclamam do som do seus instrumentos, do barulho que você faz com eles, você tem vontade de ter a experiência de tocar algum instrumento, mas fica inibido quando pensa em entrar numa dessas lojas com várias guitarras, baixos e baterias? Seus problemas acabaram, pelo menos por quatro dias. Imagine você estar andando pelo shopping da sua região quando de repente encontra várias guitarras, violões, teclados, baterias espalhadas. Detalhe, todas para serem tocadas pelo público. Essa é a ideia que traz o projeto Yamaha – Play Now na sua 16º edição dos dias 21 ao dia 24 de novembro, no Shopping Metrô Boulevard Tatuapé, em São Paulo (SP).

O projeto já passou por grande parte do país e vem mais uma vez à capital paulista prestigiar os músicos de plantão e, principalmente, os curiosos. Aliás, foi esse o motivo principal que inspirou o Carlos Alberto Ferrari (Pardal) a criar um projeto como esse. Pardal, principal idealizador do projeto, conta que passava na Rua Teodoro Sampaio em São Paulo (conhecida por ser sede de diversas lojas de músicas na capital paulista) e observava aquelas pessoas passando pra lá e pra cá na correria de todos os dias e aquelas várias lojas com seus maravilhosos instrumentos sem ninguém os tocar, uma vez que visitantes que não tocam instrumentos não são bem recebidos pelos lojistas. Concluiu, então, que todos gostam de música, e se tivesse algo que fizesse as pessoas terem contato com os instrumentos, esse estímulo poderia fazer com que elas quisessem aprender a tocar algo”.

DSC00349

Público presente do “Play Now” tocando instrumentos de corda: violão, guitarra e baixo | Foto: Matheus Geres

Foi daí que surgiu a ideia de um projeto que disponibilizassem instrumentos para pessoas comuns poderem tocar. Você não precisa ter conhecimento técnico; pegue um violão, brinque, se divirta, esse é o verdadeiro parque de diversões, deixe a música te contagiar. A Yamaha Musical do Brasil comprou a ideia e nesta caminhada mais de 350.000 pessoas já passaram por esses instrumentos em grandes cidades como São Paulo, Brasília, Salvador, Porto Alegre, Curitiba e outras. Além de tudo, os visitantes do Shopping podem também contar com um ótimo show do Derico Sciotti, saxofonista do Programa do Jô.

O projeto apoia a música e alcança um grande número de pessoas de todas as idades. Pardal conta que, há uns anos, uma criancinha ficou deslumbrada com todos aqueles instrumentos, chegou perto de um teclado e ficou observando, até que alguém da equipe ajudou a criança com um banco de apoio. Ela tocou uma nota e ficou maravilhada. 4 anos mais tarde, o projeto retorna à cidade da criança, que já estava mais crescida, apaixonada por música, e uma estudante assídua de teclado.

Pardal ainda contou que uma grande safra de musicistas é oriunda da medicina, principalmente por aqueles que passam muitas horas realizando cirurgias, os cirurgiões. Cerca de 70% dos médicos costumam tocar algum instrumento nas horas vagas para relaxar e como forma de divertimento. O Play Now já foi realizado na Associação Paulista de Medicina, neste dia os médicos quase não deixaram a equipe do evento sair de lá, conta Pardal aos risos.

Da esquerda para direita: Fausto Ito (Tecladista), Pardal, Alux (Guitarrista), Valéria Gadioli (Organizadora do evento no Shopping) e Edson Pistão (roodie, responsável pelo Som)

Da esquerda para direita: Fausto Ito (Tecladista), Pardal, Alux (Guitarrista), Valéria Gadioli (Organizadora do evento no Shopping) e Edson Pistão (roodie, responsável pelo Som) | Foto: Matheus Geres

A Yahama presente no evento mostra uma cara diferente. O Play Now possui um aspecto cultural muito forte, fazendo um investimento alto para criar sonhos, desejos e a vontade de tocar um instrumento, se divertir e fazer o seu som. O projeto também apoia ONGs da região onde se encontra o shopping que recebe o projeto, através da doação de um violão para que as pessoas beneficiadas pela ONG possam ter contínuo contato com a música.

O “Play Now”, que ficará no shopping  Metrô Boulevard Tatuapé até esse domingo (24), começa sempre às 10h e permanece aberto para visitação até o fechamento do centro comercial. Confira as fotos do primeiro dia do evento:

[nggallery id=1]

Fotos: Matheus Ferreira Geres

Corre lá conferir esse evento tão bacana atualmente locado na cidade de São Paulo.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.