Ao fim da saga literária do bruxo mais famoso da literatura e do cinema, sua autora, J.K. Rowling, deixou os fãs aos prantos ao afirmar em alto e bom som que não voltaria a revisitar o universo de Harry Potter, a não ser por um bom motivo. E eis que, para a alegria geral da nação, esse “estímulo”, que já era considerado caso perdido, chegou antes mesmo das lágrimas secarem. Além dos sete livros principais da saga, Rowling escreveu paralelamente mais três livros, a fim de agradar os fãs e arrecadar dinheiro para projetos de caridade. São eles: “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, “Quadribol Através dos Séculos”, e “Os Contos de Beedle, o Bardo”. Todos os três livros são citados durante a saga de Harry Potter, e alguns são essenciais para as suas descobertas na escola de bruxaria, Hogwarts.

“Animais fantásticos e onde habitam”, livro que inspirará os novos filmes sobre o mundo bruxo criado por J.K. Rowling

A Warner contatou a autora, interessada em desenvolver um projeto tendo como base os outros três livros de autoria de Rowling. A escritora, então, respondeu com uma proposta ainda mais elaborada e autoral, e ao que parece os primeiros filmes que Rowling e o estúdio têm em mente se basearão em “Animais Fantásticos e Onde Habitam”. A história é datada de setenta anos antes de Harry Potter, em Nova York, e terá como protagonista o escritor fictício da obra, Newt Scamande. As surpresas não param por aí: tudo indica que J. K. Rowling será a roteirista do primeiro longa ela mesma, pois considera ter um apego muito grande à história e ao personagem para entregar o projeto em outras mãos.

Nada ainda foi divulgado sobre o calendário previsto da produção. Agora, restam as dúvidas: será que o novo filme será coerente com os outros, que levaram milhares de fãs aos cinemas, ou será um spin-off que pouco fará jus a obra original, frustrando a todos? E como se sairá J. K. Rowling em sua estreia como roteirista de cinema? Eu, como cinéfila e fã da autora (e do mundo bruxo, é claro), desejo muita competência e boas escolhas nesse novo trabalho. E que ele não demore para chegar às salas de cinema!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.