Rocha, primeiro da esquerda, foi baixista da primeira formação do Legião Urbana

Extra! Morre Renato Rocha, primeiro baixista do Legião Urbana

O músico Renato Rocha, integrante da primeira formação da banda Legião Urbana, foi encontrado morto neste domingo (22), dentro da porta de um hotel em Guarujá, município do estado de São Paulo. De acordo com informações do Instituto Médico Legal Paulista (IML), Renato morreu em decorrência de uma parada cardíaca e estava no hotel acompanhado de uma amiga.

Rocha estava internado em uma clínica de reabilitação de dependentes químicos em Cotia, na Grande São Paulo. Segundo a amiga que acompanhava ele, o Renato podia sair aos fins de semana da clínica e, por isso, estava em Guarujá. Em uma reportagem feita pela Record, divulgada em 2012, ele era dependente químico e na época estava vagando pelas ruas.

Rocha, primeiro da esquerda, foi baixista da primeira formação do Legião Urbana
Rocha, primeiro da esquerda, foi baixista da primeira formação do Legião Urbana

Após a remoção do corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade, a polícia fez uma varredura no quarto do hotel e não encontraram marcas de violência.

A irmã do músico, responsável por administrar uma das páginas em homenagem a Renato nas redes sociais, postou uma mensagem falando sobre a morte do músico. “Renato faleceu nesta manhã, de parada cardíaca, em São Paulo. Vai com os anjos, Renato. Força ao seu casal de filhos, sua netinha, ao seu pai e aos seus demais familiares”, diz a mensagem.

Renato da Silva Rocha, também conhecido como Negrete, tinha 53 anos. Ele era baixista e compositor do Legião Urbana, banda da qual fez parte da formação original ao lado de Renato Russo, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá.