George Harrison: a vida de um ícone vira história em quadrinho

Em 1958, aos 15 anos, quando começou a tocar guitarra com alguns amigos, George Harrison não imaginava que aquela banda, saída do subúrbio de Liverpool, viria a se tornar a mais bem sucedida banda de rock da história. Conhecido como o “beatle quietinho”, abrangeu ao longo da vida as mais diversas áreas artísticas – foi músico, compositor, ator e produtor de cinema. Tudo isso e muito mais você poderá conferir na biografia em quadrinhos que será lançada pela StormFront Comics chamada Orbit: George Harrison.

Segundo o site The Beatles, o HQ terá texto de Carlos Pagola Morales e arte de Angel Bemuy. O livro de 32 páginas também estará disponível em formatos digitais. Sonho de consumo, não?

(Até o momento desta matéria, não foram divulgadas quaisquer novidades para uma versão em Português)

Confira algumas das páginas do HQ:

George-Harrison-Bio-pages-04

George-Harrison-Bio-pages-08

George-Harrison-Bio-pages-12

George-Harrison-Bio-pages-16

Detalhes sobre George Harrison:

Lennon e McCartney são os compositores mais reconhecidos da banda, o que não ofuscou em nada o talento de Harrison para compor algumas das músicas mais famosas do quarteto, como por exemplo: “Here Come the Sun“, “Something” e “While My Guitar Gently Weeps“. O artista ocupa a 11° posição da lista dos “Os 100 Maiores Guitarristas de Todos os Tempos”, da revista Rolling Stone. Ainda na banda, George se encanta pelo misticismo indiano e dissemina a cultura hinduísta no Ocidente.

Mesmo com o fim da banda, George Harrison conseguiu se manter muito bem em carreira solo, pois já tinha em suas gavetas diversas músicas já escritas e, claro, uma alma cheia de inspiração. Em 1970 lançou o álbum triplo All Things Must Pass, consagrando sua carreira solo com o sigle “My Sweet Lord”.

Formou a banda Travelling Willburys — grupo temporário em parceria com Bob Dylan, Tom Petty, Jeff Lynne e Roy Orbisson, em 1988. É o único Beatle a ter publicado uma autobiografia, “I Me Mine”, em 1980. Harrison morreu de câncer de pulmão, em 2001.