BEVERLY HILLS, CA - JANUARY 06: The new 2009 Golden Globe statuettes are on display during an unveiling by the Hollywood Foreign Press Association at the Beverly Hilton Hotel on January 6, 2009 in Beverly Hills, California. The 66th annual Golden Globe Awards are scheduled for January 11. (Photo by Frazer Harrison/Getty Images)

Globo de Ouro aposta no bom humor e dá certo

No último domingo (08/01), aconteceu a cerimônia da 74ª edição do Globo de Ouro, considerado um dos prêmios mais importantes das artes cinematográficas, e como muitos costumam pontuar, um prenúncio dos indicados ao Óscar.

A entrega das estatuetas foi apresentada pelo comediante Jimmy Fallon, que foi elogiado devido às piadas sobre os filmes e as séries que estavam indicadas na noite. Além disso, o anfitrião participou da cena de abertura, que contou com várias referências aos indicados da noite, como Stranger Things e La La Land, o que provavelmente ficará marcada na história das premiações. Neste ano, a organização do Globo de Ouro (e Hollywood em geral) aprendeu com os protestos que ocorreram no ano passado nas redes sociais e nas ruas, indicando e premiando mais negros dessa vez.

Séries

Para falar a verdade, American Crime Story – a série que eu estava apostando todas as fichas – levou para casa apenas dois prêmios. Mesmo contando a tocante história de O.J. Simpson, não foi suficiente para barrar The Night Manager, que surpreendeu muita gente ao levar 3 estatuetas para casa. Já as favoritas do público – Mr. Robot e Game Of Thrones – não levaram nada para casa nas poucas categorias que estavam concorrendo.

Quando falo que o Globo de Ouro desse ano priorizou indicar e premiar os negros, falo com total razão. Séries como Black-ish, cujo elenco é formado por negros em sua maioria, e Atlanta, que fala sobre a cultura negra numa das maiores cidades dos EUA, levaram estatuetas importantes: Black-ish levou em Melhor Atriz em série de Comédia ou Musical para Tracee Ellis e Atlanta levou dois prêmios, sendo eles Melhor Série de Comédia e Melhor Ator em Série de Comédia e Musical Donald Glover que podem ser decisivas para a continuação desses shows. Insecure, mais uma série sobre os negros indicada e que passou despercebida por muita gente, pode também ter mais temporadas.

Filmes

Uma coisa que ficou clara para os espectadores deste Globo de Ouro foi que, se La La Land estivesse concorrendo em alguma categoria, eles poderiam ter a certeza de que o musical levaria o prêmio. O filme simplesmente lavou os concorrentes e levou todos os sete prêmios a que estava indicado, entre eles o de Melhor Ator em Comédia ou Musical (para Ryan Goslin), Melhor Atriz em Comédia ou Musical (para Emma Stone), Melhor Filme de Comédia ou musical.

Os atores Ryan Gosling e Emma Stone levaram a estatueta por La La Land – Cantando Estações

Teve espaço também para homenagear os falecimentos de Carrie Fisher e Debbie Reynolds, que arrasaram o mundo cinematográfico no final do ano passado. Contudo, o ponto máximo da noite foram os discursos de Viola Davis e Meryl Streep. Meryl, a grande homenageada da noite, fez um discurso lindíssimo sobre representatividade e a diferença étnica presente no cinema, além de defender a imprensa hollywoodiana e internacional e criticar o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump.

Foi aquele momento em que a pessoa que pedia para se sentar na cadeira mais respeitável do nosso país imitou um repórter com deficiência. Alguém a quem ele superava em privilégio, poder e capacidade de se defender…” disse, Meryl Streep em seu discurso, referindo-se ao caso que aconteceu com o repórter do New York Times, Serge Kovaleski.

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=cP2ju4kE-AA[/embedyt]

Por tudo isso, essa edição do Globo de Ouro foi uma das melhores já feitas na história. Consciente na hora de premiar e que usou o bom humor para enfrentar os tempos difíceis que virão.