O Festival Música Alimento da Alma deste ano já divulgou as primeiras  atrações do seu line-up: a banda Planet Hemp, os rappers Emicida e Rael da Rima, os cantores Jaloo, Liniker além dos queridinhos e potiguares do Plutão Já Foi Planeta, Caboclas MC’s e Luiz Gadelha e os Suculentos.

Em sua décima oitava edição, o MADA serve como vitrine de oportunidades para artistas locais, bem como nomes jovens da nossa música. O festival acontecerá nos dias 23 e 24 de setembro na Arena das Dunas, em Natal. Aguardamos ansiosos a confirmação de outras atrações.

Liniker

Natural de Araraquara (interior de São Paulo), o cantor Liniker bebe das fontes da black music. É detentor de uma personalidade ímpar e tem um gingado e uma voz que ressoam brasilidade. A crítica especializada não poupou elogios ao seu EP Cru (2015), cujas faixas Zeu, Caeu e Louise du Brésil já lhe garantiram status de novo ícone da black music tupiniquim. Seu visual é exuberante, andrógino e original, tornando-o um artista único no atual cenário da MPB.

Liniker

Jaloo

Jaime Melo, ou como é mais conhecido, Jaloo, é um cantor, DJ e compositor paraense. Um dos nomes mais interessantes que surgiram no movimento tecnobrega, Jaloo nasceu em Castanhal, região metropolitana de Belém. Há quatro anos ganhou destaque na internet com versões de hits de Amy Winehouse e Donna Summer. Inventivo, conceitual e o que mais? Jaloo é no mínimo criativo. A versatilidade indie-hype do músico o destaca dos demais artistas que surgiram no norte do país. Para os curiosos o seu mais recente trabalho, #1, seu disco de estreia, está disponível no Spotify.

Jaloo

Planet Hemp

Quem que joga fumaça pro ar? Exatamente, o Planet Hemp está de volta! Marcelo D2, BNegão e sua trupe retornam aos palcos natalenses para um show que promete queimar tudo até a última ponta. Após uma pausa e uma guinada nas carreiras solos de D2 e BNegão, que vão muito bem obrigada, o Planet retornou para turnês nacionais e continua com fôlego de sobra, vide o concerto do grupo no Lollapalooza deste ano (substituindo Snoop Dogg, que não pôde comparecer). Então, se você não quer perder esse show histórico, legalize já suas ideias na compra desse ingresso.

planet-hemp

Emicida

Com o excelente Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa (2015) ainda quentinho, Emicida sobe novamente aos palcos do MADA este ano. O rapper fez, na minha opinião, um dos melhores shows da edição de 2014 do festival. Em 2016, deve tocar seus novos hits: Passarinho, Casa, Mufete e Boa Esperança, além dos antigos. Aclamado por público e mídia, o rapper é uma das atrações mais aguardadas.

Emicida

Cabocla’s MC’s

E na ala “firmeza mano”, o MADA não vai deixar a desejar no quesito rap este ano. Juliana Leite e Jéssica Mayara, que formam as Cabocla’s MC’s, chegaram para somar ao line-up. Sobre o som das meninas, prefiro deixá-las com a palavra: “Na rima da sina da vida, de útero e ventre e saliva. De palavra que a tua dominação quer distorcida. Da revolta contra o opressor machista. De mulher que tu chamou menina. Somos Caboclas, não subestima! Rap de Mulher, Cultura Nordestina”. Para quem ainda não conhece, saca o som no vídeo a seguir.

CABOCLASMCS

Rael da Rima

Rael da Rima é um cantor, compositor e por dez anos foi membro do grupo de rap paulista Pentágono. Você leitor, assim como eu, pode conhecê-lo também das participações nos discos de Emicida, mas o fato é que Rael é dono de uma voz agradável e conta com três álbuns em sua dicografia, MP3 – Música Popular do 3° Mundo (2010), Ainda Bem Que Eu Segui As Batidas Do Meu Coração (2013) e Diversoficando (2014).

Rael

Luiz Gadelha

Luiz Gadelha é um dos caras mais criativos e camaleônicos do cenário musical potiguar. O cantor de voz aguda e tatuagens no corpo tem como marca a qualidade musical. Compositor nato, Luiz funciona tanto solo, quanto acompanhado no Talma & Gadelha ou no finado Projeto Retrovisor. Ao lado de sua banda, os Suculentos, ele sobe ao palco do Festival MADA.

luizgadelha

Plutão Já Foi Planeta

Plutão Já Foi Planeta é uma dessas bandas carismáticas, que fazem um som de qualidade e tem músicas que grudam no nosso juízo. Sim, os meninos, que atualmente estão no programa global Superstar, se apresentam para uma multidão de fãs que sabem de cor todas os versos das canções. O quinteto que está pra lá de entrosado não vai deixar de fora de seu repertório Daqui Pra Lá, Viagem Perdida e Suma Daqui, então é bom já ir se afinando pra acompanhar.

Plutão-Já-Foi-Planeta-Apostas-Festival-DoSol-20151

Deixe um comentário

Your email address will not be published.