Mossoró recebe pela primeira vez convenção de tatuagem

Munidos de máquinas fotográficas e celulares, os mossoroenses passaram o segundo fim de semana de 2014 conhecendo o universo da tatuagem. O Primeiro Fest Tattoo de Mossoró aconteceu no espaço de eventos do Hotel Villa Oeste, foram quase três mil visitantes que se apertaram nos corredores para conhecer os trabalhos uma média de 50 artistas que entre um desenho e outro atendiam aos visitantes, tiravam dúvidas e ainda deixavam um novo registro na pele de alguém.

Quase 3 mil pessoas visitaram a primeira convenção de tatuagem de Mossoró

Quase 3 mil pessoas visitaram a primeira convenção de tatuagem de Mossoró

Era justamente o barulho frenético das máquinas e o compasso das agulhas que ditavam o tom durante as 12 horas de evento. 15 categorias foram disponibilizadas para os tatuadores competirem, e como atrativo, entre os prêmios estavam equipamentos para tatuagem (máquinas e tintas), um videogame PS3 e uma moto Traxx 50 cilindradas. 39 trabalhos foram premiados nas categorias free hand (mão livre), old school (velha escola), new school (nova escola), black and gray (preto e cinza), colorido, oriental, feminino, série de desenhos, pontilhismo, neo tradicional, realismo, portrait (retrato), melhor do evento, revelação e regional.

Retrato feito através da técnica free hand, pelo tatuador Ruy Pinheiro (RN)

Retrato feito através da técnica free hand, pelo tatuador Ruy Pinheiro (RN)

Mesmo com o tom de disputa e competição, o evento serve (ou deveria servir) como confraternização para a classe artística, e é também uma excelente oportunidade de divulgar o trabalho realizado para o público de massa.

O que não se podia deixar de notar eram as expressões dos visitantes: entre as caras de admiração de alguns e a expressão de dor de tantos outros, a frase mais dita pelos corredores foi “quero fazer uma dessas” ou “a minha ainda vai ser assim”, independente da idade, estilo, sexo ou classe social. As 2.700 pessoas que marcaram presença no local tiveram oportunidade de conhecer a mais genuína body art nordestina.

A coruja foi feita durante os dois dias de evento pelo artista da Tattoo Nativa, Márcio (RN)

A coruja foi feita durante os dois dias de evento pelo artista da Tattoo Nativa, Márcio (RN)

PRÊMIOS       

Os tatuadores do Rio Grande do Norte forão os grandes premiados durante os dois dias de eventos, 11 e 12 de janeiro. Os estados do Ceará, Paraíba, Alagoas, São Paulo e Pernambuco também estiveram presentes entre os 50 profissionais que expuseram o trabalho nos 22 stands na capital do oeste potiguar.

Os principais prêmios foram:

Revelação – Leandro, estúdio 3 (PE)
Tradicional – Chicão, Mossoró (RN)
Tema do evento – Marco Tattoo (PB)

O macaquinho (localizado na perna de uma das participantes do evento) competiu na categoria feminino, trabalho de Diego A. Costa (RN)

O macaquinho (localizado na perna de uma das participantes do evento) competiu na categoria feminino, trabalho de Diego A. Costa (RN)

Fotos: Anna Paula Andrade

Sobre o(a) autor(a)

Avatar

Jornalista por formação, e também, por paixão. Aquele tipo de pessoa que aprecia estar nas ruas e conhecer de perto a realidade. Filha do mundo no qual considera somente o solado dos pés como território nacional. Coragem nunca se viu faltar e parece que este é o melhor tempero para suas histórias. Há dois anos resolveu unir o útil ao agradável e escrever sobre suas andanças pelo mundão afora. Dúvidas, crises, histórias engraçadas e muitas dicas vão rechear essas páginas. Vem que tem!

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

Your email address will not be published.