O palco do Riachuelo se torna a Encruzilhada do Mundo

Nos livros de história falta muito de memória. Natal é violenta para os moradores mais antigos, encantadora para os turistas saudosos e um lar para mim. Entre as dunas e o mar, somos parte do que contam sobre este local. Somos parte da história da cidade e ela de nós.

Para contar e reinventar a Natal do início do século XX, a Bololô Cia. Cênica de Teatro e a Atores à Deriva se apresentam nesse domingo, 1, no Teatro Riachuelo. “Encruzilhada do Mundo ou Sobre a Areia e o Vento” é o último espetáculo da Jornada Cultural. Nele é contada a história de um hangar grande o suficiente para caber sonhos e anseios da narrativa fictícia de personagens reais que aqui viveram pra deixar um legado.

Encruzilhada do Mundo - Foto Joanisa Prates (18)

Nessa encruzilhada entre os mundos, diversos conflitos e contradições são refletidos. Os mistérios sobre a areia e o vento estão prestes a ser desvendados nessa apresentação única na primeira noite do próximo mês.

Os ingressos são vendidos pelo valor de 40 reais, a inteira, e 20, a meia. Mas para se comover com um fragmento da nossa identidade, ainda que reinventada e poetizada, não tem preço que pague a emoção.