O som e a simpatia de Julieta Venegas aportam em Natal

A americana mais mexicana de todas, Julieta Venegas, traz sua turnê “Los Momentos” ao Brasil e para alegria e felicidade geral dos potiguares, a cantora se apresenta no Teatro Riachuelo, dia 21 de maio. Essa que vos escreve ao tomar conhecimento da confirmação de um show em sua terrinha foi ao delírio.

Julieta-venegas

Julieta retorna ao país para apresentar seus grandes sucessos, sim meu caro leitor, nós iremos ouvir “Sería Feliz”, “Lymon y Sal”, “Andar Conmigo”, “De Mis Pasos”, “Ilusíon”, “Eres Para Mi”, “Me Voy”, quer dizer, ao menos eu torço pra que todas essas músicas sejam tocadas. A artista passará pelos palcos de São Paulo (dia 19 de maio no Teatro Bradesco), Recife (dia 20 no Teatro RioMar), Natal (dia 21 no Teatro Riachuelo) e Porto Alegre (dia 25 no Auditório Araújo Vianna).

Julieta-Ostentando cinco Grammy’s Latinos e com mais de 6,5 milhões de cópias vendidas no mundo, a cantora mexicana, além dos sucessos, irá apresentar ao público brasileiro o seu novo álbum, “Los Momentos” (2013). O sexto álbum de estúdio de Venegas dá nome a sua nova turnê, creio que seja o álbum  menos orgânico da cantora. No trabalho, há muito uso de beats eletrônicos, entretanto, há a marca registrada ou assinatura própria da mexicana, embora não seja seu disco mais inspirado.

Nascida em Los Angeles, Julieta foi criada em Tijuana, México, cidade e país que ela abraça como seus. Filha de dois fotógrafos, Julia Edith Percevault e José Luis Venegas, Julieta tem uma irmã gêmea e quatro irmãos. No início de sua carreira, Venegas tocava em uma banda de ska e reggae chamada Chantaje. Sua mudança à Cidade do México aos 22 anos lhe trouxe uma amplitude musical, podendo combinar música com teatro, neste período integrou as bandas: Lula e La Milagrosa. A carreira solo veio e seu primeiro álbum foi lançado em 1997, “Aquí”, com um material de cinco anos de bagagem musical.

Em 2000 veio o seu segundo disco, “Bueninvento” (2000), com produção do gabaritado Gustavo Santaollalla (Bajofondo). O trabalho rendeu uma expressividade e foi bem quisto por público e crítica. “Sería Feliz” foi a música de trabalho que mais deu visibilidade ao álbum. No entanto, foi com “Sí” que a mexicana ganhou projeções internacionais, sendo um sucesso na Espanha. Quando seu quarto disco foi lançado, “Limón y Sal”, Venegas já era uma das cantoras mais respeitadas e famosas do México, brindando-nos com as excelentes “Me Voy”, “Limón y Sal” e “Eres Para Mi”.

julieta-venegas_

A apoteose e a consagração total da carreira da mexicana foi o seu MTV Unplugged em 2008. O álbum, recheado de versões revisadas de seus grandes sucessos, contou com participações da rapper espanhola Mala Rodriguez, o cantor mexicano Juan Son e ao lado de Marisa Monte ela cantou uma das músicas mais singelas e sinceras de sua carreira, “Ilusíon”. Dois anos depois Julieta lançaria “Otra Cosa”, álbum de inéditas, mas o álbum ainda ficou um tanto eclipsado diante do sucesso estrondoso do Unplugged.

Julieta Venegas é figurinha cativa no Brasil, já fez participações em trabalhos de vários artistas como Otto, Lenine, além da supracitada Marisa Monte, e sempre que possível está nos palcos do país. Julieta faz um som pop com assinatura própria e qualidade. No auge de seus 43 anos de idade e com muitos sorrisos, versos e experiência de palco, as expectativas para seu primeiro, quem sabe de outros, show em terras potiguares promete ser uma convenção de fãs. Portanto, meus caros, garantam seus ingressos, ensaiem o repertório, e tomem suas tequilas, que a mexicana de olhos de misericórdia, voz rouquinha e charme aguçado está a caminho.

Abaixo o vídeo de “Me Voy”, uma das minhas canções favoritas da mexicana.