Em nome da família Ferreira, praticamente fundadora da região do Trairi no Rio Grande do Norte, por que não conheci uma banda de rock da terra da minha família paterna? Como assim? Isto é sinal de que preciso ver mais meus parentes da região, ou preciso dar mais atenção à música advinda dos interiores do Estado!

Sim, existe uma banda de rock que surgiu na cidade de Santa Cruz, chamada Rollercoaster (montanha-russa em inglês). Em março, eles vão lançar o primeiro álbum, intitulado de “Mind’s Eyes”, em um evento com a participação da banda natalense Plutão Já Foi Planeta.

Assim como uma montanha-russa, o som deles é cheio de altos e baixos, fazendo com que soe bastante peculiar. Muito bom saber que a cena no interior do Rio Grande do Norte voltou a crescer, principalmente com a expansão de festivais alternativos, como o Dosol.

Confira vários vídeos mostrando como foi o processo de gravação de “Mind’s Eyes”.

Rollercoaster quebra o estereótipo de que impera o forró entre os gostos dos moradores da terra da estátua de Santa Rita de Cássia. A banda já possui um grupo de fãs.

Eles surgiram em 2011 e o som tem influências de bandas bem distintas e totalmente diferentes das propostas sonoras uma da outra, também sendo caracterizado por batidas dançantes, pesadas e às vezes até podendo ser consideradas psicodélicas.

Em 2014, a banda teve uma mudança na composição com a saída de Victor Borges (guitarra) e Diogo Icaro (baterista). A atuação formação da banda é composta por Paulo Medeiros (guitarra e vocal), Giancarlos (guitarra), Alan Amarante (baixo) e Allex Souza (bateria).

Eles já tocaram em  Caicó, Jardim de Piranhas, Macaíba, Mossoró, Natal e outras cidades. Foram a revelação do Festival Dosol 2012 na edição de Caicó, participando em seguida do Festival Dosol 2013 na cidade de Natal.

Em 2014, eles lançaram o single Xroads, que mistura punk, indie e que não deixa a desejar a bandas gringas e locais que estrondam as nossas playlists no Spotify.

Um dos apoiadores da banda é o coletivo Mente Aberta, que reúne outros artistas e músicos da cena independente de Santa Cruz.  O grupo também tem um estúdio próprio e uma casa de shows.

Confira mais do som dos caras a seguir:

Deixe um comentário

Your email address will not be published.