Sex Education: mais inclusiva, quebrando paradigmas

Depois de enfrentar os desafios de abrir clandestinamente uma clínica de conselhos sexuais para seus colegas de turma, Otis (Asa Butterfield) começa um relacionamento com Ola (Patricia Allison) na tentativa de superar seus sentimentos por Maeve (Emma Mackey). Mas é logo no início que Otis se vê quase intimado a reabrir sua clínica após um surto de desinformação se instalar na colégio devido ao medo de contrair doenças sexuais transmissíveis.

A segunda temporada de Sex Education consegue debater assuntos novos, mantendo o carisma da série, além de evoluir ao explorar tramas individuais de seus personagens secundários. A sequência se mantém tão divertida e importante quanto a anterior, abordando temas relevantes sobre sexualidade, abrangendo tanto o público mais jovem,  quanto ao maduro, com uma linguagem acessível e inclusiva.

Sendo esse o principal trunfo da segunda temporada, os personagens secundários da série passam a ter maior aprofundamento, tendo como principais exemplos Ola Nyman (Patricia Allison), Lily Iglehart (Tanya Reynolds) e Aimme Gibbs (Aimee Lou Wood). Com tramas próprias, elas evoluem em frente aos dilemas pessoais como a descoberta da condição sexual ou relatos de assédio. Um dos episódios finais contemplam essa abordagem de forma responsável e muito bem-vinda.

Sororidade e empoderamento feminino e LGBT são alguns dos principais temas abordados.

Outro personagem que ganhou ainda mais espaço, Eric Effiong (Ncuti Gatwa) conquista o espectador com um personagem extremamente carismático e uma amizade divertida com Otis. Com mais autonomia nessa temporada, Eric passa pelo dilema do triângulo amoroso com o recém chegado Rahim (Sami Outalbali) e Adam Groff (Connor Swindells) de tal forma que o roteiro consegue construir bem a relação entre eles.

E mesmo que o grande acerto de Sex Education tenha sido as subtramas, o protagonismo de Otis permanece de maneira formidável. Um personagem que apesar dos inúmeros conselhos que concede aos colegas, ainda sim, passa por erros, acertos e descobertas como qualquer pessoas de sua idade. Assim como Maeve, que apesar da enorme torcida pelo casal, ambos possuem suas próprias tramas e crescem individualmente dentro da série.

sex education
Elenco de Sex Education abrilhantaram nova temporada

Sex Education é uma série feliz ao trazer uma abordagem natural, divertida e responsável sobre temas até então considerados tabus por muitos, unificando a mensagem, seja para o público jovem até o mais velho e que vale a pena acompanhar.