Salvador é conhecida por seus diversos pontos turísticos, como o Elevador Lacerda, Pelourinho, Porto da Barra, dentre outros. A cidade também é conhecida pelo seu carnaval, um dos maiores do Brasil. Por causa dessa cultura carnavalesca, Salvador pode não ser tão bem vista aos olhos daqueles que não curtem tanto ir pra folia momesca.

Nesse sentido, eventos como X Festival de Cultura Japonesa se fazem tão importantes, para quebrar esse estereótipo de cidade apenas do carnaval e do axé. É bem verdade que São Pedro parecia não colaborar, pois Salvador só tinha apenas uma cara: chuva e frio (este último, nos padrões soteropolitanos, claro) que ocorrem apenas poucas vezes ao ano. Entretanto, no dia que o evento previa receber o maior número de pessoas (o último domingo, 28/8), o tempo abriu e o sol raiou o dia inteiro, sendo esse um dos motivos para que evento tenha sido um sucesso.

Créditos: Bonodori Salvador (Flickr)

Promovido pela ANISA e outros parceiros juntamente com o governo do estado, teve espaço para todos no festival. Para as famílias, que vão em busca de um programa diferente de final de semana, e para os reclusos cosplayers, que homenageiam seus personagens da cultura pop em geral se caracterizando com eles. Há também espaço para os nerds e para os otakus (fãs loucos por animes e mangás).

Créditos: Bonodori Salvador (Flickr)

Além de diversidade pessoas, houve diversidade de atividades. O X Festival de Cultura Japonesa reuniu tudo relacionado à cultura oriental: comidas e trajes típicos, produtos de beleza, artes marciais, danças, dentre outros. Tudo isso foi oferecido em workshops de desenho e culinária, em espaços especiais para as gerações mais experientes (o espaço da terceira idade) e para as mais novas (o espaço da criança).  A culinária típica ficou por conta dos 20 restaurantes. Manifestações culturais como as artes marciais – em especial Kendo e Karatê – e a dança foram apresentadas em três diferentes palcos. E lojinhas vendiam produtos de animes e da cultura pop.

21927274170_5482977c08_k

Créditos: Bonodori Salvador (Flickr)

Não podiam faltar, claro, as arenas de games, que seguiram lotadas durante todo o domingo. Eram de todos os tipos: desde os consoles aos cardgames. Nesta última categoria, a surpresa foi perceber que Pokémon estava reinando absoluto, mesmo com a imensa popularização do jogo para celular inspirado no desenho japonês, o Pokémon GO.

Créditos: Bonodori Salvador (Flickr)

Créditos: Bonodori Salvador (Flickr)

O encerramento do evento foi marcado pela apresentação do Odori, uma dança típica japonesa. A apresentação reuniu todos que estavam presentes para celebrar o final do evento e marcar mais um ano de sucesso. O Festival de Cultura Japonesa é o tipo de evento que poderia acontecer todo mês, com a garantia de sucesso de público. Por enquanto e infelizmente, seguimos aguardando até o ano que vem.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.