Extra! Dias contados para Glee

artie-glee-7960939-1024-768

A série musical/adolescente Glee está pra acabar (eu ouvi um ‘Aleluia’?), mas não do jeito que era esperado. O criador da série, Ryan Murphy, em entrevista sobre seus projetos, disse para os jornalistas que, apesar da série estar beirando os últimos episódios, ele já não tem mais ideia de como encerrar, devido aos últimos acontecimentos.

Aparentemente, o plano do Ryan era que a série acabasse voltando ao núcleo inicial, com foco nas histórias daquela mesma galera que iniciou a série (quando ainda era tragável, digamos). Dentre essas histórias, seria a possibilidade de um final feliz e romantiquinho para Rachel e (Lea Michele) e Finn (Cory Monteith), em que a personagem principal, depois de fazer sucesso na Broadway, voltaria para onde tudo começou (a McKinley High) e reencontraria o seu amor de adolescência como professor do coral que iniciou toda a história.

rachel-finn-glee

Murphy declarou que “sempre soube como terminaria. Eu sabia qual seria a última cena, e Finn estaria nela. Eu sabia qual era o último diálogo, e Rachel falaria para ele”. Será que isso é só uma forma de alegrar os fãs? Afinal, pelo histórico do casal e os atuais rumos da série, seria meio sem sentido (apesar de poético) voltarem os dois para onde tudo começou. O fato é que agora o pessoal da produção/criação está ‘rebolando’ para criar um novo final que envolva a memória do personagem que, assim como seu intérprete (Cory Monteith), também faleceu na série.

Atualmente, Glee está em hiato, para a adaptação do roteiro aos atuais eventos (já que a morte do Cory ainda está bem recente). O último episódio foi ao ar no dia 10 de outubro e contou a história da morte do Finn. A série tem planos de retornar no dia 7 de novembro, nos EUA.