Assisti ao filme Aos Treze há aproximadamente quatro anos, quando eu tinha 15 anos e nem metade da genialiade de Evan Rachel Wood e, principalmente, Nikki Reed com apenas 13 anos, quando interpretaram o polêmico filme sobre a vida de duas adolescentes que são seduzidas pelo mundo das drogas, sexo, festas, agressões, e colhem as suas consequências.

O filme não é nem para os pais mais conservadores e muito menos para adolescentes de cabeça vazia. É bem feito, tem cenas fortes, e impressiona pelas atuações comentadas e premiadas das atrizes “mirins”. Uma curiosidade é que Nikki Reed – sim, a Rosalie, de Crepúsculo – insatisfeita em atuar no filme, também foi a responsável pelo roteiro, juntamente com a diretora do longa, Catherine Hardwicke. E mais: “Aos Treze” é semi-biográfico, ou seja, é baseado em fatos reais da vida de Nikki Reed, quando tinha entre 12 e 13 anos. Só para constar, nessa idade eu ainda jogava Alex Kid e Sonic no computador e tinha um blog chamado “Meu Mundico Pink”. Só para constar.

O foco da postagem, contudo, não é o filme, mas suas atrizes, hoje com 24 anos. Assim como falei do rumo de Kate Winslet e Melanie Lynskey após o fantástico Heavenly Creatures, o objetivo é fazer o mesmo aqui, com mais um par de atrizes precoces e talentosas.

Na época, a estreante Nikki Reed foi a mais elogiada, recebendo indicações para dez prêmios e vencendo três deles. Evan Rachel Wood, por sua vez, recebeu apenas duas indicações. Contudo, enquanto Nikki Reed  seguiu seu caso de amor com Catherine Hardwicke, atuando em produções não tão interessantes quanto Thirteen, inclusive os cinco filmes da saga Crepúsculo (o primeiro deles dirigido por Catherine), Evan Rachel Wood, atriz desde os oito anos, virou cadeira cativa em filmes alternativos (como Pretty Persuasion) e chegou a ser dirigida pelo cobiçado diretor Woody Allen, na comédia Tudo Pode Dar Certo (2008) e por Darren Aronofsky (de Cisne Negro), no excelente drama O Lutador (2008). Ambas também têm passado pela TV em séries como The OC (Nikki Reed) e a gótica True Blood (Evan Rachel Wood).

Nikki Reed como Rosalie
Evan Rachel Wood na comédia Whatever Works

Na vida emocional, provamos que o grau de estranheza de Rachel Wood absolutamente ultrapassa o de Nikki Reed. Por mais que a amizade de Reed com Kristen Stewart (também estrela de Crepúsculo) intrigue (vide foto abaixo), ao que parece ela está casada com o astro do American Idol, Paul McDonald. Já Evan Rachel Wood ficou ainda mais popular quando virou noiva cadáver engatou um noivado com o estranhíssimo Marilyn Manson. Contudo, justiça foi feita, e eles se separaram. Agora a talentosa atriz mudou drasticamente seus gostos e está para casar com o também ator, um tanto sem sal, Jamie Bell (o saltitante garoto de Billy Eliot e, mais recentemente, desempenhou com maestria o papel de Tintim, na versão de Spielberg).

Reed com os colegas de elenco Kristen Stewart e Taylor Lautner
Evan com Jamie Bell – ia fazer um comentário, mas deixa para lá ‘-‘
Com Marilyn Manson

Os últimos trabalhos de Evan Rachel Wood foram uma participação na minissérie da HBO, Mildred Pierce e um longa dirigido por George Clooney (The Ides of March). Já Nikki Reed, exibe esse ano sua última aparição como Rosalie Hale na segunda parte de Amanhecer e também promete em breve um longa dirigido pela mãe de Kristen Stewart em que ela e a amiga atuarão como personagens masculinos. Quero só ver essa presepada.

Evan Rachel Wood
Nikki Reed

One Response

Deixe um comentário

Your email address will not be published.